Fruta e Frutose – Mais um post do Blog do Método4Mind

Fruta e Frutose

Há muita controvérsia sobre frutose e consumo de frutas. Será que devemos cortar as frutos? Limitá-las aos nossos filhos? Não é saudável? Não devemos comer até 5 porções por dia?

Frutose (açúcar da fruta) é encontrada em frutas e legumes e adicionados aos alimentos como açúcar, xarope de milho (HFCS), mel, agave. Açúcar refinado contém 50% de glicose e 50% de frutose, mel 38% de frutose, agave 90% de frutose. A frutose é metabolizada 100% pelo fígado, em comparação com glucose, onde é apenas 20%. Quando você consume glicose, que é utilizado como energia pelo seu corpo, você consume frutose que é metabolizada pelo fígado em ácidos graxos livres, VLDL e triglicérides e todos eles são armazenados como gordura. São os triglicéridos a causa de doenças do coração. Essas gotículas de gordura se acumulam no fígado e causam a gordura visceral (gordura da barriga ou barriga). O metabolismo de frutose também causa um aumento nos níveis de ácido úrico, que pode causar aumento da pressão arterial e gota.

Gordura viceral (localizada na barriga) é a gordura perigosa (lembre-se forma de maçã é mais perigoso do que forma de pêra). Ela envolve seus órgãos e provoca resistência à insulina e doença hepática gordurosa alcoólica, eventualmente, não (DHGNA). A resistência à insulina, eventualmente, continua a evoluir para diabetes tipo 2 e síndrome metabólica.

A frutose não afeta o sistema de controle do apetite. A grelina (hormônio da fome) continua sendo produzida e não há liberação de leptina (hormônio da saciedade), assim você vai continuar a sentir fome e não satisfeito.

Quando a frutose é consumida na fruta, ela inteira contém água, fibras, antioxidantes e nutrientes e nosso corpo pode tolerar isso muito bem. A fibra permite que os açúcares sejam absorvidos mais lentamente. O problema, porém, é a quantidade de frutas que consumimos (3-5 porções por dia). Muitas frutas foram selecionadas e cultivadas para ser versões mais doce das antigas variedades e há adição de açúcares (50% de frutose) e xarope de milho rico em frutose em muitos produtos. O nosso corpo lida com frutose da mesma maneira, não importa de onde vem – frutas, mel, agave, xarope de milho, açúcar refinado.

Frutas inteiras devem ser consumidos, pois é uma boa fonte de nutrientes, antioxidantes, água e fibras. Basta estar consciente de quanto você está comendo e que tipo de fruta que você está comendo. Experimente escolher as low carb, como as frutas vermelhas.

Evite todos os sucos de frutas, você pode consumir de 3 a 4 vezes a quantidade de frutas em um copo do que você poderia comer a fruta como um todo. A maioria dos sucos de frutas foram adicionados açúcares e quase não há vitamina uma vez que são processados ​​e conservantes adicionados para prolongar à venda no supermercado. Limite as frutas ricas em açúcar como abacaxi, manga, melão, frutas secas.

(Texto original ditchthecarbs.com)

Categorias: Artigos,Fundamentos Paleo,Paleo

Comentários fechados