Artigo traduzido de Chris Kresser – Quem tem medo de Nitritos e Nitratos?

Hello Friends, 

Sempre me perguntam sobre o bacon ter Nitratos e Nitritos e aí como faz?! Eu poderia responder “Me responda vc o que é isso e pq faz mal!?” Rs Mas como sou fofo eu indico a leitura abaixo mas era em inglês, então traduzi pra vcs e óbvio que vão continuar me perguntando, mas pelo menos está traduzido aqui!!

Abraços 

Além de estar cheio de “gordura saturada entupidora de artérias” e de sódio, o bacon é considerado insalubre devido ao uso de nitratos e nitritos no processo de cura. Muitos médicos convencionais, e amigos e parentes bem intencionados, vão dizer que você está pedindo por um ataque cardíaco ou por um câncer ao comer este alimento que muitos entusiastas Paleo carinhosamente se referem como “o docinho de carne”.

A crença de que os nitratos e nitritos causam sérios problemas de saúde foi enraizada na consciência popular e na mídia. Assista a este vídeo onde Steven Colbert explica como a escassez do bacon prolongará nossas vidas graças à redução de nitratos em nossas dietas.

Na verdade, o estudo que originalmente ligava os nitratos com o risco de câncer e que provocou espanto em todo lugar foi desacreditado após ser submetido a uma revisão por pares.Ocorreram importantes revisões da literatura científica que não encontraram nenhuma ligação entre os nitratos ou nitritos e o câncer humano, ou mesmo evidências que sugerissem que eles poderiam ser cancerígenos. Além disso, pesquisas recentes sugerem que os nitratos e os nitritos podem não só serem inofensivos, mas também podem ser benéficos, especialmente para a imunidade e saúde do coração. Ficou confuso? Vamos explorar mais esta questão.

Talvez você se surpreenda ao saber que a grande parte da exposição ao nitrato/nitrito não vem dos alimentos, mas das fontes endógenas dentro do corpo. (1) Na verdade, os nitritos são produzidos por nosso próprio corpo em quantidades maiores do que as que podem ser obtidas nos alimentos. Também, os nitritos salivares somam de 70% a 90% da nossa exposição total ao nitrito. Em outras palavras, sua saliva contém muito mais nitrito do que qualquer outra coisa que você venha a comer.

Quando se trata de alimentos, os vegetais são a principal fonte de nitritos. Em média, cerca de 93% dos nitritos que recebemos através dos alimentos vêm dos vegetais. Talvez você fique chocado em saber que uma porção de rúcula, duas porções de alface lisa e quatro porções de aipo ou beterraba possuem mais nitrito que 467 cachorros-quentes. (2) Para completar, a sua própria saliva tem mais nitritos do que todos eles! Portanto, antes de eliminar carnes curadas de sua dieta, você talvez queir ainterromper a sua ingestão de aipo e também tentar não engolir sua saliva com tanta frequência.

Deixando o humor de lado, não há nenhuma razão para temer os nitritos em sua comida ou saliva. Evidências recentes sugerem que os nitritos são benéficos para as funções cardiovascular e imunológica. Eles estão sendo estudados como um tratamento potencial para a hipertensão, ataques cardíacos, falciforme e distúrbios circulatórios. Mesmo que os nitritos fossem prejudiciais, as carnes curadas não seriam uma fonte significativa, visto que a USDA só permite 120 partes por milhão nos cachorros-quentes e no bacon. Além disso, durante o processo de cura, a maior parte do nitrito acaba formando o óxido nítrico, que se liga ao ferro e dá aos cachorros-quentes e ao bacon sua cor rosa característica. Depois disso, a quantidade de nitrito que sobra é de apenas cerca de 10 partes por milhão.

E se você acha que pode evitar os nitratos e os nitritos comendo os chamados cachorros-quentes e os bacons “livres de nitratos e nitritos”, não se deixe enganar. Esses produtos usam fontes “naturais” das mesmas substâncias químicas que o aipo, o suco de beterraba e o sal do mar, e não são mais livres de nitratos e nitritos do que as carnes curadas existentes. Na verdade, eles podem conter até mais nitratos e nitritos quando curados usando conservantes “naturais”. 

É importante entender que nem o nitrato e nem o nitrito se acumulam no corpo. O nitrato ingerido através dos alimentos é convertido em nitrito quando entra em contato com a saliva, e do nitrato que nós comemos, 25% é convertido em nitrito salivar, 20% convertido em nitrito e o resto é eliminado pela urina 5 horas após a ingestão. (3) Qualquer nitrato que é absorvido tem uma vida muito curta, desaparecendo do nosso sangue em menos de cinco minutos. (4) Alguns nitritos em nosso estômago reagem com os conteúdos gástricos formando o óxido nítrico, que pode ter diversos efeitos benéficos. (5, 6) Você pode ouvir ao meu podcast “A carne vermelha aumenta o seu risco de morte?” para ter mais informações sobre este assunto.

Em geral, a maior parte da ciência sugere que nitratos e nitritos não são problemáticos e podem até mesmo beneficiarem nossa saúde. Avaliações críticas da evidência inicial que sugeria que os nitratos/nitritos eram cancerígenos revelam que, na ausência de coadministração de um precursor de nitrosaminas carcinogênicas, não há nenhuma evidência para o carcinogênese. (7) Estudos prospectivos recentemente publicados mostraram que não há nenhuma associação entre o consumo estimado de nitrito e nitrato em uma dieta e o câncer de estômago. (8) O óxido nítrico, formado do nitrito, mostrou possuir propriedades vasodilatadoras e pode modular a função das plaquetas sanguíneas no corpo humano, melhorando a pressão arterial e reduzindo o risco de ataque cardíaco. (9, 10, 11) Os nitratos também podem ajudar a impulsionar o sistema imunológico e a proteger contra bactérias patogênicas (12, 13, 14).

Então, o que nós podemos tirar disso? Não há nenhuma razão para temer os nitratos e os nitritos nos alimentos. Não há razão para comprar bacon livre de nitrato não curado. Não há razão para evitar completamente carnes curadas, particularmente aquelas de fontes de alta qualidade (embora possa fazer sentido limitar o consumo destes alimentos por outras razões). Na verdade, devido às preocupações com a triquinose da carne de porco, faz muito mais sentido, em minha opinião, comprar bacon e outros produtos do porco que foram curados.

Será que mudei sua ideia sobre a segurança de comer o bacon? Me conte o que você acha sobre os nitratos e os nitritos nos comentários abaixo.

Ps. as referências dos estudos podem ser encontradas no artigo original em http://chriskresser.com/the-nitrate-and-nitrite-myth-another-reason-not-to-fear-bacon/

Categorias: Artigos

Tags: ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

2s Comentários

  1. Sensacional!
    Com certeza nos coloca pra pensar e pesquisar mais sobre o assunto que parece ser mais uma grande enganação que sofremos.
    Na verdade, com o bacon o que mais me preocupa é que não é tão fácil achá-lo sem ter açúcar na composição.